segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

FELIZ ANO NOVO 2018 !


Para os meus amigos e visitantes deste blogue, aqui fico o meu desejo expresso para 2018

( Retiradohttp://www.orkugifs.com) 

O que eu queria!


O que eu queria do novo ano?

Se, acaso, não for pedir demais,

seria que não levasse ao engano

cada página, escrita nos jornais!


O que eu queria do ano novo?

Que cada político, excelência,

não enganasse tão pobre povo

fazendo uso da sua “sapiência”!


O que eu, do novo ano queria?

Que trouxesse o povo à razão,

que fosse rara tanta hipocrisia

e Raríssima fosse a corrupção!


Do novo ano eu queria o quê?

Que no país, da dita Liberdade,

acabasse aquilo que mais se vê,

a pouca vergonha, na verdade!


Do novo ano o que queria eu?

Sim! O que poderia eu querer?

Que não levasse nada de meu

e me deixasse algo para viver!


Será tão grande este meu pedido?

Pois pareço bem pobre no pedir!

Se no que peço não for atendido,

espero mais um ano. Há-de vir!

domingo, 31 de dezembro de 2017

Res(caldos) dum Ano, velho e … relho!


(retirado de  https://www.bing.com/images) 


Res(caldos) dum Ano, velho e … relho!


Um Ex-deputado e ex-ministro,

sempre um socialista exemplar.

O tal que dizia em tom sinistro,

“Mete-se connosco? Vai levar!”


Hoje, sem uma ponta de ciúme

e como é comentador avençado,

por todos põe as mãos no lume

mas já deve estar chamuscado!


No partido da palavra honrada

haverão coisas bem singulares,

tais como as cadeiras guardadas

para alguns dos seus familiares!


Convenientemente encomendada

da boa, bem longe, terra açoriana

e para que a palavra seja honrada

veio uma douta prole “cesariana”!


Da Vieira da Silva, as pinturas

serão elas caras, ou caríssimas.

Do Vieira da Silva, as agruras

não são raras, são Raríssimas!


Muito, diz o povo, é fartazana

e sem rodeios, ou rodriguinhos.

Porém se a honestidade emana,

dizem ser, apenas, Fertuzinhos!


Toda a palavra, quando é dada

para ser conveniente e honrada

terá no parlamento, bem votada

a sua lei mas, portinha fechada!


Num país morto, terra queimada,

bom povo pelos cantos choroso,

um só homem, de palavra dada,

achou este ano, muito saboroso!

domingo, 24 de dezembro de 2017

SANTO NATAL E FELIZ ANO NOVO


Aos meus amigos, seguidores e visitantes deste blogue e a suas famílias, deixo os meus sinceros votos de SANTO NATAL e FELIZ ANO NOVO !
Adoração dos pastores 
(Pintura de Guido Reni)


                                                                  Natal 2017


Há bombas na Coreia do Norte

e na Síria vai andando o Daesh,

o mundo é um campo de morte,

vai-se matando tudo que mexe.


Lá longe, nos Estados Unidos,

há armas na mão aos milhares,

para andarem muito entretidos

em suas “actividades escolares”.


Na Alemanha, Espanha, França,

melhor dizendo, por todo o lado,

aqui e ali, mata-se a Esperança.

Mais mortes, em cada atentado!


Aqui bem ao lado, na Catalunha,

cuja independência ninguém viu,

o catalão não tem o que supunha

e um tal Puigdemont já se sumiu!


E na Ásia? Não se está melhor?

Se estivesse, ninguém o diria

e o Papa, em nome do Senhor,

lá foi pregar naquela freguesia!


Será sina, que tudo está tão mal

e o Mundo, em grande desatino,

já se esquece do desejado Natal

e que nascerá Jesus, o Menino?


Não vai melhor o nosso Portugal,

o que também não faria sentido.

Desapareceu a mancha florestal.

Povo, como a terra, tudo ardido!


Quando uma estrela do céu cair,

a sua luz iluminando toda a terra,

homens, olhos no céu, vão sorrir

e por instantes vai parar a guerra.


Porém, logo no dia vinte e seis

ou, talvez, tal poderá acontecer,

logo que se passe o Dia de Reis,

pensarão, só, em matar e morrer!


Numa quadra festiva e de alegria

esqueçamos tanta tristeza e dor

e louvemos a noite em que Maria

por Deus, nos trouxe o  Salvador!


Ter Fé e Esperança não fará mal,

no caminho que cada um percorre.

Esperemos, então, o nosso Natal,

porque a Esperança nunca morre!

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

25 de Setembro de ... 2009 !




Maria Jesus

12/08/1911    -    25/09/2009


Se o tempo aumenta a saudade,
com o tempo que te foste daqui
se encurta o tempo, na verdade
o que, um dia, nos levará até ti!


domingo, 7 de maio de 2017

DIA DA MÃE ! Para todas as mães !!





Seja no Verão, bem acalorado,
ou no Inverno, noites bem frias,
a mãe está sempre a nosso lado.
Lembro a minha, todos os dias!

sábado, 29 de abril de 2017

Triste, foi este dia !




29 de Abril de 1991


De repente se tornou triste,
tão triste e tão amargurado,
o dia em que de nós partiste
e Deus te sentou a seu lado!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

VIA SACRA




Ressurreição
(Quadro de Ticiano)


VIA SACRA

Corria célere a palavra do Nazareno!
A ela acorria esperançado o povoléu.
Dizia Ele que maior que bem terreno
encontrariam num Reino, lá no Céu!
Mas, feito homem, o Filho de Deus
soube como os homens são ingratos.
Se bem o diziam ser Rei dos Judeus,
logo O levavam às mãos de Pilatos!

Assim, foi Cristo levado à sua presença.
E Aquele que veio ao mundo trazer Paz,
bem depressa viu lavrada a sua sentença.
A turba gritava que soltassem Barrabás!

I
Perante decisão tão vil e contraditória
pois que nunca haverá bela sem senão
só para Pilatos isto terá sido a vitória
e só com isso lavou uma e outra mão

II
Deste modo foi condenado Jesus,
mas não como outros condenados,
aos ombros carregaria Ele a Cruz.
Com ela, o peso de nossos pecados.

III
Cruz, de nossos pecados bem pesada,
tão pesada como até ali ninguém viu
e ficou a multidão atónita, angustiada
quando Jesus, pela primeira vez, caiu.

IV
Levantou-se ao chicote dos soldados
suportando, além da caminhada, a dor
e esquecendo os tormentos passados,
após receber de sua Mãe o seu Amor.

V
Quando Simão, do trabalho regressado,
não fosse haver desfalecimento de Jesus,
pelos soldados, ali mesmo, foi obrigado
a tornar bem menos pesada aquela Cruz.

VI
Entre a multidão que assistia à passagem,
Verónica, saindo daquele povo tão vário,
limpou o sofrer daquela penosa imagem
e num simples pano nos ficou o Sudário.

VII
Caminhava para o fim já esperado
e o povo que no caminho se reuniu
viu que Jesus, seu corpo esgotado,
pela segunda vez, ali no chão caiu.

VIII
Próximo o seu fim, esgotado! Porém,
apesar de muito abatido pela Sua dor,
foram para as mulheres de Jerusalém
as palavras de muito carinho e Amor.

IX
Cristo sob a Cruz caiu, a vez terceira,
porque a dor parece Ele não suportar.
Para alívio da dor, dalguma maneira,
mistura de vinho e fel Lhe foram dar.

X
Depois da Sua caminhada para a morte
foi despojado das vestes pelos soldados.
Mesmo a Sua túnica foi tirada em sorte,
só Lhe deixaram do mundo os pecados.

XI
Sentindo os últimos suspiros de Vida,
deitado sobre a Cruz, nela foi pregado.
Já perto do Céu, uma vez esta erguida,
com furor, pela multidão foi insultado.

XII
Remindo o mundo, pregado na Cruz,
enquanto, num sopro, a vida se esvai
olhando céu, suplicando, pede Jesus,
-: Não sabem o que fazem! Perdoa, Pai!

XIII
O céu enegreceu até se esconder o sol!
Descido da cruz, ficou seu divino traço
quando seu corpo, envolto num lençol,
sua mãe O recebeu num último abraço.

XIV
Pelo discípulo, de Arimateia, depositado
Seu corpo, no túmulo na rocha escavado
com enorme pedra, rolada, ele foi fechado
e de noite por soldados romanos guardado.

XV
Porém, quando as mulheres foram por Ele,
chorando seu pranto junto ao sepulcro frio,
enxergaram que já a pedra não estava nele
e buscando mais, viram seu interior vazio.



No céu, anjos entoaram os cânticos seus!
Aleluias como nunca se tinham escutado!
Porque tomando seu lugar junto de Deus,
tinha chegado o seu Filho. Ressuscitado!

Vejam como é que todo o bom povo,
se levado pelo vozear das multidões,
pode levar à morte o Homem novo,
clamando que se soltem vis ladrões!



Para todos os meus amigos e visitantes deste blogue deixo os votos de Santa e Feliz Páscoa!